Resenha – Toda Mafalda

POR TALITA HELEN

RESENHA
Toda Mafalda

-“Mafalda não é apenas um novo personagem das histórias em quadrinhos: é o personagem dos anos sessenta. Se para definí-la usamos o adjetivo “Contestadora” não foi para seguirmos qualquer preço a moda do anticonformismo: Mafalda é realmente uma heroína ‘enraivecida’ que recusa o mundo tal com ele é…”
Umberto Eco

“O QUE EU PENSO DA MAFALDA NÃO IMPORTA. IMPORTANTE MESMO É O QUE A MAFALDA PENSA DE MIM”.

JULIO CORTÁZAR, 1973.

Vocês com certeza já ouviram falar ou viram alguma tirinha da Mafalda, impossível não conhecê-la, ela é baixinha, contestadora, com algumas idéias malucas e perguntas, muitas perguntas, das quais seus pais nunca sabem como responder, odeia sopa e ama os Beatles, seus amigos são Manolito, uma garoto que ama o dinheiro e sonha em abrir uma rede de supermercados. Filipe, um menino tranquilo, até demais, que está sempre com preguiça de fazer a lição, Susanita, a melhor amiga de Mafalda, sua maior ambição é se casar e ter muitos filhinhos…Ao longo das tirinhas aparecem outros personagens como o Miguelito um garotinho bem criativo, Liberdade, uma garotinha bem, mas beeem pequenininha e Guile o irmãozinho da Mafalda.

Mafalda é uma típica criança gosta de brincar, gosta de estudar e como eu disse de fazer perguntas, muitas perguntas, ela contesta, argumenta…O mais interessante é que a Mafalda fala de questões importantes como a Guerra do Vietnã, mas não entende nada sobre ela, Mafalda se preocupa com o mundo de uma forma ingênua e bem cômica.

Não tem muito o que falar, só que é viciante, o livro tem 420 páginas, é bem grande e pesado, e contem desde a primeira à última tira, lembrando que a Mafalda é uma personagem dos anos sessenta criado pelo desenhista e humorista Quino.

TÍTULO ORIGINAL: Toda a Mafalda
AUTOR: Quino (lembrando que é uma junção de todas as tirinhas.)
EDITORA: Martins Fontes

0 comentários:

 
Design geral de: Rachel Lima | C�digos de Giovana Joris
|