Resenha - O Testamento, Nora Roberts

Por Talita Helen


Resenha
O Testamento

O TestamentoA morte de Jack Mercy, homem que notabilizou-se por fazer mais inimigos ao longo da vida do que qualquer outra coisa, provoca um impasse para suas três filhas, cada qual de um casamento e totalmente estranhas entre si. Jack deixa expresso em testamento uma condição para que elas possam receber a herança que cabe a cada uma: Willa, Lily e Tess serão obrigadas a viver sob o mesmo teto, como uma autêntica família, na Fazenda Mercy. Isolada, bonita e misteriosamente violenta, a fazenda tornar-se-á palco de ressentimentos, crimes, amor, surpresas e angústias para as três herdeiras. O grande desafio para essas três mulheres será deixar a amargura de lado e conviver em harmonia.

  Jack Mercy era um canalha e isso ficou comprovado até mesmo depois de sua morte. Dono de uma fazenda de quase vinte milhões de dólares, em seu testamento Jack deixa bem claro que suas três filhas, Willa, Tess e Lily (cada uma de um casamento) terão de conviver juntas na fazendo por um ano, elas não se conhecem são irmãs mas, completamente estranhas umas às outras.

  Caso elas não cumpram com o exigido no testamento elas perderam tudo, a fazendo, todos os bens que Jack deixou, tudo. Para Willa não poderia existir pesadelo pior, ela nasceu, cresceu e viveu naquela fazenda (mas, somente por que a mãe morreu antes que Jack pudesse expulsá-las da fazenda e de suas vidas...) então ela terá de engolir seu orgulho e aceitar as irmãs. Tess é uma roteirista de Los Angeles, ela ama a cidade grande e todo o seu esplendor, será um verdadeiro martírio para ela passar um ano enfiada no meio das vacas, cavalos e...galinhas. Lily é uma mulher doce, na verdade ela parece um bichinho amedrontado que a qualquer hora pode sair correndo para se esconder, tudo isso graças ao fracasso de seu casamento e um ex-marido possessivo e violento, para ela ficar na fazenda Mercy, em Montana será um alívio, afinal Jesse nunca a encontraria lá certo?...

  No meio de toda a tensão de ter de viver juntas, as três irmãs vão tentando tocar suas vidas adaptando-se ao novo lar e a rotina da fazenda, Lily acaba se aproximando de Adam, irmão de Willa por parte de mãe, um homem sensível, bondoso que acaba por conquistar o coração da sofrida Lily, Tess se envolve com Nate, o advogado que leu o testamento de Jack e um dos responsáveis por supervisionar a fazendo nesse um ano. E Willa, bem essa cabeça dura vai dar muito trabalho à Bem, outro fazendeiro vizinho, e também um dos supervisores. Bem assim como Willa é um cabeça dura, teimoso e sempre que ele e Will se encontram, sai faíscas.

  Mas, uma sucessão se assassinatos (tanto de animais, quanto de pessoas) faz com que todos, inclusive as três irmãs acabem se aproximando. Alguém está disposto a aterrorizar os moradores da fazenda Mercy e essa pessoa não está de brincadeira.

  O que falar? Esse foi o primeiro livro da Nora Roberts que eu li, e sinceramente acho que não poderia ter começado com uma história melhor. Como vocês devem estar cansados de saber, eu sou apaixonada por toda essa atmosfera country, fazendas, cavalos e o livro foi um prato cheio para mim. Os personagens são muito bons, muito bem estruturados. Gosto de todas as irmãs, cada uma tem algo em sua personalidade que me cativa: Willa é toda dona de si, uma mulher de ferro, Tess é irônica e divertida e Lily é doce e com um coração enorme. Os homens também são cativantes e apaixonantes.

Nora tem uma escrita deliciosa, e sabe descrever perfeitamente as cenas de romance e mistério, me apaixonei pela autora e com certeza continuarei a ler os livros dela. Eu recomendo e muito o livro, quem tiver a chance de ler, leia, urgentemente ;)


“-Há mais de cem anos que um Mercy administra esse lugar. Ele criou o gado, plantou as novas sementes e amansou os cavalos. Eu sei o que precisa ser feito e como. Na realidade nada vai mudar.
“Tudo mudará”, pensou Nate. E o mundo do qual ela falava estava prestes a dar uma guinada de cento e oitenta graus, por obra e graça do coração empedernido de um morto. Era melhor fazê-lo já, direto, antes que ela saísse a cavalo ou com a charrete.
-É melhor tratarmos logo da leitura do testamento. –decidiu.” Página 27

Título Original: Montana Sky
Páginas: 529
Autor(a): Nora Roberts
Editora: Bertrand Brasil







Virginiana. Bookaholic. Grifinoria. Narniana. Esmaltólotra. Chocólotra. Desastrada. Teimosa. Preguiçosa. Futura Arquivista. Sonhadora. Irônica da língua bem afiada. Em sua cabeça cria as mais inusitadas história e situações.  Twitter| Facebook| Skoob

1 comentários:

Mii disse...

Sou suspeita para falar, adoro os livros da Nora e com esse não foi diferente.

Amei sua resenha.

Beijos
http://aoinfinitoealem.com/

 
Design geral de: Rachel Lima | C�digos de Giovana Joris
|