Ela foi até o fim

Por: Rachel Lima



Uma roteirista de sucesso que já contrubuiu para vários filmes de ação que renderam milhões de bilheteria - ela até ganhou um Oscar! O problema é que seu namorado, o grande astro do filme, resolveu trocá-la pela estrela principal! E agora Lou terá que provar que conseguirá passar por tudo para esquecê-lo e, no caminho, talvez até encontre o verdadeiro amor.

O mais novo livro da Meg Cabot já chegou causando expectativa e curiosidade nos seus leitores. O título já é criativo, chama a atenção. Faz com que você fique imaginando sobre o que esta história se trata e porque, diabos, tem este nome.

A história é sobre uma roteirista de sucesso chamada Lou Calabrese, criadora de Hidengurg e Copkiller. Ela acaba de terminar seu namoro de dez anos com Barry Kimmel - conhecido também por Bruno di Blase - para vê-lo ficar com o seu par romântico do filme que ela escreveu para lançá-lo no mundo os filmes.

Em sua viagem para o set de Copkiller IV e sua fuga do mundo - depois do mais recente casamento hollywoodiano a lá conto de fadas - ela viaja com ninguém menos que Jack Townsend, o ex-namorado de Greta, a mulher pela qual Lou foi trocada.

Além disto, Jack é um ator que ela considera metido a garanhão e muito convencido, principalmente por ter mudado uma frase do seu roteiro.

A simpatia de Jack Townsend por ela não era diferente. Jack não gostava de roteiristas - indiferente de cor, raça ou espécie - e além de achá-los muito convencidos e inflexíveis não conseguia aguentar quando começavam a se gabar pela enorme lista de roteiros escritos para as pessoas que geralmente não os reconheciam.

Bem na hora de viajar ocorre um acidente - ou não - e os dois acabam caindo no gelo, sem comida ou abrigo.

Desde o momento em que vi o livro na bienal deste ano ele saltou para as primeiras posições na minha lista de prioridades em questão de segundos.

Como todos os livros da Meg, este é gostoso e fácil de ler. Ela sempre conseguiu fazer uma narrativa perfeita, com pensamentos, frases, descrições de cenas que sempre nos leva a viajar pelo cenário e entender o que a personagem está passando ou sentindo.


Um pouco maior do que os seus outros livros, "Ela foi até o fim'' é um ótimo livro para se ler sentado em um canto da casa e ficar por horas sem parar.

Para quem gosta de Romances no estilo mais juvenil, Meg Cabot é ideal, mas devo acrescentar que seus livros podem ser lidos tanto por crianças como por adultos, salvo algumas exceções.

Bem escrito e divertido, eu recomendo 'Ela foi até o fim' com nota dez. Foi uma das melhores obras da Meg e espero que ela continue escrevendo tão bem quanto sempre, lançando mais livros ótimos. Para quem quiser ver, a capa do livro na versão americana está aí, sob o título ''She went all the way''. Eu particularmente preferi a capa brasileira, mas gosto é gosto.


Ficha técnica:

Título: Ela foi até o fim
Título Original: She went all the way
Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record


10 comentários:

Lyncoln Nellucci disse...

haha, mt interessante cheeel , se eu curtisse leitura aiusehiuaseh, quem sabe n leria ? ASHEUIAHSe MAS, a preguiça né.. IUASHIUHe tenso, mas enfim parabéns ai *--* fico mt bom =D!

Hellê disse...

gente, me apaixonei pelo seu blog, que coisa mais linda esse lay *-*
btw, tava doida pra ler ela foi até o fim, to com tantos livros na fila, espero conseguir ler boa parte dos que quero até o começo do ano que vem pelo menos *-*

vanessa disse...

To louca pra ler esse livro, meldels! Ele vai ser o próximo da minha lista, depois que eu terminar Fallen *-* Gostei da resenha e, não é por nada, mas eu prefiro tanto a capa brasileira *-* UASAHSUHAS beijos.

Michelle Freire disse...

Li esse livro faz seis dias! OMG!

Isabella disse...

Você sempre escreveu perfeitamente amiga. Sua resenha ficou maravilhosa e me deixou com mais vontade de ler esse livro. O blog está lindo e dou uma super força pra vocês. Vamos ver se esse blog dura mais de um ano né? hahaha Amo você s2

Polie disse...

Awn não gostei do pé da mulher na capa. USHAUHASUHHUAS
A brasileira ficou melhor mesmo! <3
Quero muito ler esse livro e já faz um tempinho! >__<

Amei o post. :*

déborah disse...

Eu gostei das duas capass... e gostei tbm da resenhaa... :D

Renata disse...

chelzinhaa *-* ta lindoo o blog.. as resenhas estão ótimas, parabéns pra voce e pra Talita.. ee,só pra lembrar,queroo ler o "ela foi até o fim" uahauhuahua, beeijos ♥

Maíra disse...

Livro maravilhoso mesmo. Resenha muito bem escrita.!

thaic. disse...

Quando eu li esse livr (ano passado? retrasado?) achei bem fraquinho, e fiquei curiosa quanto a opnião de outras pessoas sobre ele e nossa, que diferença! Pra mim, não passava de sete, oito forçando bem a barra x)
Embora o livro fosse engraçadinho, senti falta da pegada despreocupada e bem humorada de, por exemplo, a série Garotos da Meg. Achei essa bem forçada e a ação meio nada a ver. Ainda estou pra ler Cabeça de Vento, que aparentemente tem a mesma pegada desse, mas sei lá. Não curti.

Mas a capa é mesmo uma gracinha!

 
Design geral de: Rachel Lima | C�digos de Giovana Joris
|